Pesquisar este blog

Páginas

11 de fev de 2011

Mulher



Sou Ana, Bruna ou Maria,
Sou madalena,
Mas nunca arrependida,
Beatriz, Catarina, Lucia ou Dara
Sou Joana Darck
Queimada na fogueira.

Eva em busca da liberdade,
Anjo, demônio,
Sou o fogo que aquece,
E a água que refresca.
Tenho a força da terra
Que gera vida e que enterra.

Sou como o vento que sopra
Secando o suor de quem trabalha.
Como o furacão que arrasa e o grito que silencia.
Sou o carinho no rosto de quem se ama,
E a lagrima de quem sofre.

Sou tantas
E quantas for preciso
Mãe, irmã, tia, avó e sobrinha,
amante e amiga.

Todas
Em uma só reunida

            Luciana Santos
03/2009

7 comentários:

  1. Salve Lu!!! Linda Poesia!!! Te vi no Sarau do Binho mas tava muito cheio, no final acho que já tinha ido embora...

    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Valeu Ro. Fui embora cedo, mas tava muito bom.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. liinda a poesia tiia ameei msm.parabéns por vooç ser assim tão dedicada.bjoos tt amo dms

    ResponderExcluir
  4. Parabéns! Bela iniciativa e sucesso. Beijo grande!
    Guiberto

    ResponderExcluir
  5. Contrastes...o todo e tudo,cosmo,microcosmo,o ser humano _ a mulher em especial _ criatura, criadora,criativa _ tão bem expressa e reune,
    e bons poetas tão bem sabem traduzir.
    Parabéns! Superou a expectativa.Muito bom.
    Queremos ver mais.

    ResponderExcluir
  6. LINDASSSS! AMEI, VC SEMPRE ME SUPRIENDENDO, AMO VC MULHER! LUCIANA. BJOS

    ResponderExcluir