Pesquisar este blog

Páginas

24 de fev de 2011

Olhar de Fogo

Imagem da Net

Só os loucos poderão compreender-me.
Pois possuem a sabedoria dos que são livres.
Cometi um ato Consciente de Loucura,
Entreguei-me sem pudor e sem reservas.
Amei.
Por um momento,
Mas amei.
Entreguei-me sem limites
Ao cavalheiro de olhar de fogo.

E na arena dos deuses
Travei luta sem igual.
Digladiei com a força de Hercules
E com a benção de Afrodite,

Coxas,
Braços
E bocas,
Confundiram-se
Na loucura.

Jogos e brincadeiras,
Atitudes adiadas
Enfim concretizaram-se,
E o tempo parou
Apreciando o inevitável.

Luciana Santos
Setembro/2004
revisada à 09/11


11 de fev de 2011

Mulher



Sou Ana, Bruna ou Maria,
Sou madalena,
Mas nunca arrependida,
Beatriz, Catarina, Lucia ou Dara
Sou Joana Darck
Queimada na fogueira.

Eva em busca da liberdade,
Anjo, demônio,
Sou o fogo que aquece,
E a água que refresca.
Tenho a força da terra
Que gera vida e que enterra.

Sou como o vento que sopra
Secando o suor de quem trabalha.
Como o furacão que arrasa e o grito que silencia.
Sou o carinho no rosto de quem se ama,
E a lagrima de quem sofre.

Sou tantas
E quantas for preciso
Mãe, irmã, tia, avó e sobrinha,
amante e amiga.

Todas
Em uma só reunida

            Luciana Santos
03/2009

5 de fev de 2011

Coração Roubado



imagem da net

Caminho em direção ao nada em busca de tudo.
Olho os rostos que cruzam meu caminho,
Semblantes carregados do vazio que me acompanha.


Percorro o caminho que não tracei,
Esbarro no acaso que me arremete ao que sou.
Sou anjo jogado na terra
De asas arrancadas,
Pela vingança dos Deuses irados.

Me chamam de Eva,
Senhora do pecado.
Sou fêmea,
Tive meu coração arrancado
Pelas mãos de um carrasco.
Hoje saio em busca do cálice perdido,
A taça sagrada que carrega o líquido
Que me devolverá o coração roubado.

Sou tantas,
Sou única,
Guerreira insana,
Provoco os Deuses
Com a brincadeira profana.

Sou bicho,
Sou mulher,
Busco sonhos,
Busca a dor,
Naquilo que sou.




Luciana Santros